Selecção feminina eliminada do Mundial pelo Chile

Portugal perdeu por 2-4 nos quartos-de-final da competição.

Foto
DR

Chegou ao fim a prestação da selecção portuguesa feminina no Campeonato do Mundo de hóquei em patins. No pavilhão de Vilanova, na Catalunha, o Chile bateu Portugal por 4-2 e qualificou-se para as meias-finais da competição.

As sul-americanas controlaram praticamente toda a partida e colocaram-se em vantagem aos 13’, com uma stickada de “Cata” Flores. Apesar da tentativa de resposta portuguesa, a organização defensiva do Chile foi evitando situações de maior apuro e o intervalo chegou com 1-0 no marcador.

No segundo tempo, Portugal entrou com o pé esquerdo, sofrendo logo aos 3’ o 2-0, por Maca Ramos. E não tardou muito até chegar o 3-0, num lance individual de “Cata” Flores que conseguiu libertar-se da marcação e surgir isolada na cara da guarda-redes.

Cinco minutos mais tarde, a selecção portuguesa ainda reduziu, através de um livre directo cobrado por Marlene Sousa, mas veria o Chile novamente dilatar a vantagem, com uma emenda feliz de Maca Ramos depois de uma defesa incompleta de Maria Celeste Vieira.

Portugal arriscou tudo à procura de relançar a discussão da partida, mas o melhor que conseguiu foi reduzir a um minuto e meio do fim, por Ana Catarina Ferreira, despedindo-se do Mundial nos quartos-de-final.

O acesso à final do torneio feminino será decidido entre a Itália e a Espanha e entre o Chile e o vencedor do jogo Argentina-Suíça.