Escola de Oeiras dispensou os pais de devolver manuais

Direcção do agrupamento de S. Julião da Barra entende que os livros do 1.º ciclo não são reutilizáveis, podendo os alunos ficar com eles. Regra é a sua devolução.

Foto
Nelson Garrido

Os alunos do 1.º ciclo do agrupamento de escolas de S. Julião da Barra, em Oeiras, puderam ficar com os seus manuais, no final do ano lectivo, ao contrário do que foi estabelecido pelo Ministério da Educação (ME). A direcção considerou que a regra “não faz sentido” por estes livros dificilmente poderem ser reutilizados e deu indicações aos encarregados de educação que podiam guardá-los em lugar de os entregar na escola.