Ana Catarina Nogueira e Sofia Araújo vencem no Open de Valência

As padelistas portugueses apuraram-se nesta quarta-feira para os oitavos-de-final do torneio do World Padel Tour.

Foto
DR

Depois de todos os jogadores portugueses que participaram entre domingo e terça-feira no qualifying do Open de Valência terem sido eliminados, as duas melhores padelistas portuguesas, que tiveram entrada directa no quadro principal do torneio do World Padel Tour, entraram nesta quarta-feira com o pé direito na prova valenciana. Ana Catarina Nogueira e a espanhola Paula Josemaría, que há uma semana atingiram a final do Euro Finans Swedish Padel Open, derrotaram Tamara Icardo e Sandra Henández em três sets, enquanto Sofia Araújo e a argentina María Virgínia Riera bateram sem grandes dificuldades Marta Talaván e Elena Ramírez.

O sorteio para o quadro principal do Open de Valência tinha colocado Lorena Alonso (n.º 45) e Carla Mesa (n.º 25) no caminho de Nogueira e Josemaría, mas a lesão da espanhola Gemma Triay obrigou a reformular o emparelhamento do quadro principal duplas e Ana Catarina Nogueira acabou por defrontar Tamara Icardo (n.º 32) e Sandra Hernández (n.º 42).

E as duas espanholas acabaram por oferecer uma boa réplica a Ana Catarina Nogueira e Paula Josemaría. A dupla luso-espanhola venceu o primeiro set, por 7-5, mas foi derrotada no seguinte, pelo mesmo resultado. Com tudo adiado para o decisivo set, Nogueira e Josemaría subiram o ritmo e garantiram a passagem com um claro 6-1.

Nos oitavos-de-final, que serão disputados na manhã de quinta-feira, Ana Catarina Nogueira e Paula Josemaría vão defrontar Teresa Navarro (n.º 20) e Lucía Gómez (n.º 24).

Já Sofia Araújo, jogando ao lado de María Riera, teve menos problemas em garantir a qualificação. A jogadora portuguesa, n.º 27 do WPT, afastou Talaván e Ramírez em apenas dois sets: 6-1 e 6-3.

Nos “oitavos”, Araújo terá pela frente, na tarde de quinta-feira, a dupla vencedora do encontro entre Aranzuru Ulrich/Nelida Brito e Alda Galán/Victoria Iglesias.