Entrevista

“Em 4200 deputados na Europa, só 23 são negros. Se o racismo não existe, porquê estes números?”

O sociólogo Stephen Small abriu a conferência que traz centenas de pessoas ao ISCTE para discutir o que é ser negro na Europa. Em 45 minutos, fez uma panorâmica sobre a história e realidade social no continente. E ironizou sobre a competição entre os países europeus pela medalha de quem foi o melhor colonizador.

Foto
Herberto Smith

Professor no departamento de estudos afro-americanos da Universidade de Berkeley, na Califórnia, o sociólogo Stephen Small é um dos oradores principais da conferência internacional Afroeuropeus: in/visibilidades negras contestadasque começou esta quinta-feira, de manhã, no ISCTE, em Lisboa e que reúne centenas de oradores e participantes.