Há uma vaga pela justiça fiscal na Europa e Vestager não está só

Fiat, Starbucks, Amazon, McDonald’s, Apple, Nike, Ikea. Com a comissária Margrethe Vestager, as investigações às práticas fiscais ganharam um novo fôlego na UE. Das multinacionais à Zona Franca da Madeira, a investida está a impor mudanças e a abrir novos caminhos. Como evoluíram os processos em Bruxelas?

Foto
Miguel Feraso Cabral

Entre passos tímidos e decisões firmes, a agenda global pela transparência e pela justiça fiscal entrou num novo patamar na última década — e na Europa dos últimos cinco anos o combate escalou ainda mais e ganhou um rosto, o da comissária Margrethe Vestager.