Grandes números do plano económico do PSD semelhantes aos do PS de 2015

Tal como agora pelo PSD, o plano económico proposto pelo PS em 2015 também antecipava uma redução da carga fiscal e aumento do investimento público, com aceleração do crescimento e descida da dívida.

Foto
LUSA/ANTÓNIO PEDRO SANTOS

Mais de quatro anos separam os dois quadros macroeconómicos, apresentados em 2015 pelo PS e em 2019 pelo PSD, mas são grandes as semelhanças encontradas na evolução esperada pelos dois partidos para os principais indicadores económicos e orçamentais. Tanto o PS (na altura na oposição), como agora o PSD, apresentaram ao país propostas de política económica que, apesar de prometerem uma redução da carga fiscal e um aumento do investimento público, apontam para reduções acentuadas do défice e da dívida, graças em larga medida a uma esperada aceleração da actividade económica.