Quatro maternidades em risco fazem um quinto das urgências do país

As quatro maternidades da Grande Lisboa que não têm especialistas em número suficiente para assegurar todas as escalas nos meses de Verão fazem 32 partos por dia, em média, cerca de 13% do total no país. Mas recebem muitas urgências de ginecologia e obstetrícia.

Foto
NFS NUNO FERREIRA SANTOS - PUBLICO

As quatro maternidades da Grande Lisboa que se arriscam a ter que fechar as urgências externas rotativamente por falta de especialistas que assegurem as escalas no Verão receberam quase um quinto das urgências de ginecologia e obstetrícia do país nos primeiros cinco meses deste ano, apesar de apenas terem feito 13% do total de partos em 2018, indicam os dados disponíveis no portal do Serviço Nacional de Saúde.