600 anos da descoberta que antes de o ser já o era

As celebrações decorrem desde o ano passado conforme o calendário tradicional, mas cada detalhe desta frase suscita dúvidas aos historiadores: faz esta segunda-feira 600 anos que a Madeira foi descoberta por João Gonçalves Zarco e Tristão Vaz.

Fotogaleria
Ponta de São Lourenço Ana Marques Maia
Fotogaleria
O historiador Rui Carita Miguel Manso

Todos os anos, no dia 1 de Julho, há foguetes e discursos, cerimónia na Assembleia Legislativa Regional e flores na estátua da autonomia. Este ano, a sessão solene desloca-se do Funchal para Machico. Assinalam-se os 600 anos da chegada dos navegadores portugueses à ilha. Mas o quê que já se sabia, afinal, quando João Gonçalves Zarco e Tristão Vaz ancoraram o navio e o barinel naquela baía?