Peru fecha quadro das meias-finais da Copa América

Uruguai foi eliminado no desempate por penáltis, depois de 90 minutos sem golos.

Foto
O guarda-redes da selecção do Peru, Pedro Gallese EPA/Joedson Alves

Não houve golos no tempo regulamentar e não está previsto prolongamento, por isso o Uruguai-Peru decidiu-se no desempate por grandes penalidades, tal como sucedera em dois dos outros três jogos dos quartos-de-final. Levou a melhor a selecção peruana (4-5) e vai agora encontrar o Chile nas meias-finais da Copa América, que decorre no Brasil.

Durante os 90 minutos, houve mais Uruguai do que Peru, com maior controlo e maior iniciativa, mas não só Luis Suárez e Edinson Cavani foram perdendo os duelos com o guarda-redes Pedro Gallese, como houve um par de golos anulados e a organização defensiva peruana evitou males maiores. Também porque o Peru também foi capaz de colocar o rival em sentido, através de transições ofensivas rápidas.

Sem golos, a decisão foi adiada para os penáltis. Luis Suárez foi o primeiro a bater e o primeiro (e únicio) a falhar, com Gallese a defender. Para o Uruguai, Cavani, Stuani, Bentancur e Torreira fizeram o que lhes competia, mas do outro lado o adversário esteve irrepreensível. Paolo Guerrero, Ruidíaz, Yotun, Advíncula e Flores converteram todas as tentativas e provocaram a grande surpresa desta eliminatória.

Nas meias-finais, o embate com o Chile fica agendado para 3 de Julho, um dia depois de Brasil e Argentina abrirem as hostilidades da fase que dá acesso ao encontro que vai valer o troféu.