Minsk 2019: Portugal conquista bronze no ténis de mesa

Triunfo por 3-1 sobre a Dinamarca no encontro que definiu o terceiro e o quarto classificados.

Foto
Marcos Freitas em acção Reuters/VASILY FEDOSENKO

Portugal conquistou neste sábado a medalha de bronze na prova por equipas masculina de ténis de mesa, nos Jogos Eurpeus. Em Minsk, a selecção nacional derrotou a Dinamarca, por 3-1, e voltou a pisar o pódio no evento, depois do ouro alcançado há quatro anos, em Baku.

A dupla João Monteiro/Tiago Apolónia abriu as hostilidades, impondo-se com autoridade diante de Tobias Rasmussen e Anders Lind, por 3-0 (11-6, 11-5, 11-4). Era, à partida, o embate mais desequilibrado do conjunto da eliminatória.

Marcos Freitas teve bem mais dificuldades frente a Jonathan Groth e não conseguiu mesmo evitar a derrota (1-3). Entrou a perder (9-11), respondeu bem (13-11), mas voltou a ceder nos dois restantes sets, em ambos por 7-11.

Coube a João Monteiro desempatar e o português não começou bem frente a Anders Lind (6-11). A resposta, porém, foi muito positiva, com triunfos nos três parciais seguintes (11-8, 11-8, 11-4), fechando a partida com um 3-1 que colocava Portugal a um triunfo do pódio.

Voltou, então, à mesa o madeirense Marcos Freitas, desta feita para enfrentar Tobias Rasmussen. No primeiro set, o português impôs-se com rapidez e naturalidade (11-4), vendo o rival elevar o nível e empatar de seguida (9-11). Freitas recompôs-se e deu corpo ao seu favoritismo, ganhando os parciais seguintes por 11-7 e 11-9 e confirmando a medalha para Portugal.

Com este resultado, a comitiva portuguesa nos Jogos Europeus passa a contabilizar 15 medalhas, mais cinco do que as obtidas na primeira edição do evento, há quatro anos.