Confiança dos consumidores sobe pelo terceiro mês consecutivo

O indicador de clima económico tinha caído nos cinco meses anteriores.

Dinamismo da construção ajuda a aumento da confiança dos consumidores
Foto
Dinamismo da construção ajuda a aumento da confiança dos consumidores Nelson Garrido

O indicador de confiança dos consumidores voltou a subir em Junho, completando três meses (Abril a Junho) de evolução positiva, contrariando a queda verificada nos cinco meses anteriores. Para a subida de Junho contribuíram “todas as componentes, “opiniões sobre a evolução dos stocks, apreciações sobre a procura global e perspectivas de produção, destacando-se o primeiro caso. O indicador de confiança da construção e obras públicas aumentou em Maio, suspendendo o perfil descendente observado desde Fevereiro e reflectindo o contributo positivo do saldo das perspectivas de emprego”.

De acordo com a informação divulgada, o indicador de confiança da construção e obras públicas aumentou em Maio, suspendendo o perfil descendente observado desde Fevereiro e reflectindo o contributo positivo do saldo das perspectivas de emprego.

No comércio, verificou-se uma estabilização no último mês, após ter diminuído entre Março e Maio, reflectindo o contributo positivo do saldo de opiniões sobre o volume de vendas e o contributo negativo das perspectivas de actividade e das opiniões sobre o volume de stocks.

Também o indicador de confiança dos serviços aumentou em Maio e de forma ligeira em Junho, após ter diminuído nos dois meses precedentes. Esta evolução resultou do contributo positivo das apreciações sobre a evolução da carteira de encomendas e sobre a actividade da empresa, tendo as perspectivas sobre a evolução da procura registado um contributo negativo, avança o INE.