Exame de Biologia e Geologia: “correu bem”, mas as perguntas de desenvolvimento complicaram

As opiniões dos alunos que realizaram a prova desta quarta-feira dividiram-se. Houve quem achasse o exame mais fácil por comparação a 2018, mas vários queixaram-se das perguntas de desenvolvimento.

Foto
Gonçalo Dias

Esta manhã, foi a vez dos alunos da disciplina de Biologia e Geologia prestarem provas nos exames nacionais. A disciplina é leccionada nos 10.º e 11.º anos, mas são muitos os alunos do 12.º ano a realizar a prova com vista à melhoria da classificação anteriormente obtida. Para este exame estavam inscritos 46.150 alunos. Compareceram 42.324. O PÚBLICO inquiriu alguns à porta da Escola Secundária do Padrão da Légua, em Matosinhos.

1. Como correu o exame? 

2. O exame correspondeu ao que aprendeu na escola? 

3. O que gostava que tivesse saído que não saiu? 

4. Qual foi a pergunta ou tópico que correu pior?

PÚBLICO -
Foto
Gonçalo Dias

Renata Teixeira, 18 anos, Ciências e Tecnologias

1. Correu bem.

2. Correspondeu totalmente, saiu tudo o que demos nas aulas.

3. Acho que estávamos todos a pensar que iam sair os planetas, por ser o último ano que iam pôr no exame, mas acabou por não sair. Mesmo assim, correspondeu ao que eu pretendia.

4. O último grupo de biologia. 

PÚBLICO -
Foto
Gonçalo Dias

Renata Lopes, 18 anos, Ciências e Tecnologias

1. Este ano penso que foi mais fácil do que no ano passado, pelo que me facilitou.

2. Sim, o exame correspondeu. Foi mais dirigido ao que foi dado nas aulas, digamos assim, ao contrário do ano passado que foi mais teórico. 

3. A matéria que eu não gostava que tivesse saído, não saiu. Por isso, correu bem.

4. A parte das rochas magmáticas e metamórficas. Havia uma pergunta de desenvolvimento que não correu tão bem.

PÚBLICO -
Foto
Gonçalo Dias

Pedro Lopes, 18 anos, Ciências e Tecnologias

1. Correu bem, melhor do que o ano passado. Este ano estou a repetir para melhorar a nota.

2. Alguns grupos sim, outros, os que tinham experiências, não corresponderam tanto. No global, acho que sim.

3. Não. Eu estava bem preparado para todas as matérias, por isso estava preparada para qualquer uma.

 4. As perguntas de desenvolvimento eram complicadas. Havia uma sobre as piroxenas em que tive mais dificuldade.

PÚBLICO -
Foto
Gonçalo Dias

André Filipe Silva, 17 anos, Ciências e Tecnologias.

1. Sinceramente, não correu bem nem mal. Sinto que podia ter corrido melhor, mas fiz o meu melhor.

2. Correspondeu, mas estava à espera que fossem abordadas outras matérias, como biologia do 11.º ano, que é o que está mais fresco. Pensei que seria muito mais abordado e não foi. Saiu muito mais geologia do 11.º do que de 10.º.

3. Na parte da biologia, mitose e meiose.

4. Foi a geologia, surpreendentemente. Não estava à espera que a geologia corresse tão mal porque é o meu forte. Na parte dos minerais, por exemplo, fiquei bastante à toa.

PÚBLICO -
Foto
Gonçalo Dias

Beatriz Magalhães, 19 anos, Ciências e Tecnologias

1. Correu bem, mas não estava à espera da estrutura. Acho que modificaram um pouco, mas sim, correu bem. Só a questão da estrutura é que foi diferente.

2. Sim, totalmente.

3. Acho que saiu tudo o que eu mais gostava, por isso foi bom.

4. Já não me lembro muito bem, mas talvez uma das de desenvolvimento.

PÚBLICO -
Foto
Gonçalo Dias

Rui Pedro, 17 anos, Ciências e Tecnologias

1. Até correu bem, sim, acho que se pode dizer que correu bem.

2. Sim.

3. O que eu gostava que tivesse saído são as matérias em que eu estou mais à vontade. Eu sou melhor na parte de geologia e o que saiu dessa área, eu achei fácil.

4. Na parte de biologia, na parte dos ciclos de vida talvez. Acho que não percebi bem as perguntas. Podia não estar muito concentrado.

Texto editado por Pedro Sales Dias