Liga Europa é a primeira preocupação do treinador do V. Guimarães

Ivo Vieira quer consolidar o mais depressa possível uma equipa que seja competitiva.

Ivo Vieira
Foto
Ivo Vieira LUSA/HUGO DELGADO

O treinador Ivo Vieira realçou nesta segunda-feira que o Vitória de Guimarães, da I Liga portuguesa de futebol, precisa de uma preparação física e táctica “célere” para ultrapassar a segunda pré-eliminatória da Liga Europa, dentro de um mês.

Contratado para colmatar a saída de Luís Castro para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, o técnico madeirense, de 43 anos, realçou que a equipa vitoriana quer ultrapassar o Jeunesse Esch, do Luxemburgo, ou o Tobol Kostanay, do Cazaquistão, nos primeiros jogos oficiais da época - 25 de Julho e 1 de Agosto -, mas precisa, para isso, de se preparar “nas melhores condições”.

“Temos o tempo a correr e temos de ser muito céleres na preparação da equipa em termos físicos e tácticos, para darmos uma resposta que vá ao encontro do nosso objectivo: ultrapassar a segunda pré-eliminatória”, afirmou ao sítio do clube, à margem dos exames médicos realizados no Estádio D. Afonso Henriques, no primeiro dia da temporada.

Apesar do Tobol estar em pleno campeonato e obrigar a uma deslocação muito mais longa do que o Jeunesse - 5915 quilómetros em linha recta para Astana, onde o Tobol terá casa “emprestada”, ou 1425 quilómetros para Esch-sur-Alzette, no Luxemburgo -, Ivo Vieira disse ainda que os minhotos, mesmo com preparação mais atrasada, podem ser melhores se “forem competitivos e competentes”.

O treinador projectou ainda uma “época de muitas alegrias”, numa altura em que conta com 24 jogadores às suas ordens no plantel, dois deles reforços - o guarda-redes Jhonatan, que transitou consigo do Moreirense, ainda ausente dos trabalhos, e o médio Blati Touré, ex-Córdoba, de Espanha.

Face a época transata, o plantel vimaranense recebeu ainda três futebolistas que alinharam sobretudo pela equipa B, na II Liga - Edmond Tapsoba, Al Musrati e André Almeida - e ainda o lateral Victor Garcia, de regresso após o empréstimo ao Famalicão, recém-promovido à I Liga.

Além do regresso dos quatro emprestados aos clubes de origem - Dodô, aos ucranianos do Shakhtar Donetsk, Osorio, ao FC Porto, Pepê, ao Benfica, e Mattheus Oliveira, ao Sporting -, o Vitória presenciou ainda as saídas de João Afonso e de Tozé, médio que, no domingo, publicou uma mensagem de despedida na rede social Instagram.

Além das saídas, há jogadores ainda vinculados ao clube que, em alguma fase, integraram o plantel em 2018/19, mas não o fazem nesta época: os médios Francisco Ramos e Rúben Oliveira, que estiveram cedidos ao Santa Clara e ao Aves, respectivamente, e os avançados Hélder Ferreira e Rincón.

Além dos jogadores que falharam os exames médicos, o plantel treinado por Ivo Vieira conta com 14 jogadores que transitam da época passada: os guarda-redes Douglas, Miguel Silva e Miguel Oliveira, os defesas Frederico Venâncio, Rafa Soares e Florent, os médios Wakaso, Joseph, André André e João Carlos Teixeira e os avançados Ola John, Rochinha, Welthon e Alexandre Guedes.

De regresso ao trabalho mais cedo do que o habitual, o Vitória de Guimarães, quinto na edição 2018/19 da I Liga, estagia em Quiaios, na Figueira da Foz, entre 07 e 14 de julho, antes de iniciar as competições oficiais, com a segunda pré-eliminatória da Liga Europa, em 25 de julho e 01 de agosto, frente ao Jeunesse Esch, do Luxemburgo, ou ao Tobol Kostanay, do Cazaquistão.

Plantel provisório Vitória de Guimarães para 2019/20:

Guarda-redes: Douglas, Miguel Silva, Jhonatan (ex-Moreirense) e Miguel Oliveira.

Defesas: Sacko, Victor Garcia (ex-Famalicão), Pedro Henrique, Frederico Venâncio, Edmond Tapsoba, Rafa Soares e Florent.

Médios: Wakaso, Al Musrati, Joseph, André André, Blati Touré (ex-Córdoba, Esp), João Carlos Teixeira e André Almeida.

Avançados: Tyler Boyd (ex-Ancaraguçu, Tur), Ola John, Rochinha, Davidson, Welthon e Alexandre Guedes.

Treinador: Ivo Vieira (ex-Moreirense).

Saíram: Dodô (Shakhtar Donetsk, Ucr), Osorio (FC Porto), João Afonso, Pepê (Benfica), Mattheus Oliveira (Sporting) e Tozé.