Costa do Marfim entra a ganhar na CAN

Golo solitário de Kodjia deu triunfo sobre a África do Sul.

Kodjia deu a vitória à Costa do Marfim
Foto
Kodjia deu a vitória à Costa do Marfim LUSA/KHALED ELFIQI

Num jogo marcado pelo equilíbrio, a Costa do Marfim foi mais forte e venceu a África do Sul (1-0), juntando-se a Marrocos na liderança do Grupo D da Taça das Nações Africanas. Um golo de Jonathan Kodjia bastou para os marfinenses somarem os três pontos.

O estádio Al Salam, no Cairo, não foi brindado com um grande jogo de futebol. As oportunidades de golo foram escassas e demoraram a surgir. O primeiro remate da partida aconteceu aos dez minutos e foi para a Costa do Marfim: Serey Dié atirou muito por cima, sem qualquer perigo. A resposta da África do Sul demorou 15 minutos e surgiu num cabeceamento de Hlatshwayo, na sequência de canto, que passou milímetros por cima da baliza marfinense.

Paulatinamente, a Costa do Marfim foi assumindo o controlo e tornando-se a equipa mais perigosa. A superioridade foi evidente aos 32’, com um par de lances flagrantes de golo. Primeiro Nicolas Pépé, de livre directo, acertou na trave da baliza sul-africana. E depois Jonathan Kodjia surgiu isolado e desferiu um remate potente com o pé direito, mas o guarda-redes Ronwen Williams opôs-se com uma boa defesa.

O nulo só seria desfeito na segunda parte, com Kodjia a redimir-se da oportunidade que tinha deixado escapar. A jogada desenrolou-se pelo lado esquerdo, com Max Gradel a fazer o passe que deixou o avançado em posição privilegiada, e o futebolista que representou o Aston a desviar a bola do guarda-redes e a fazer o 1-0.

Em desvantagem, a África do Sul não foi capaz de criar oportunidades para obter outro resultado na partida de estreia na CAN 2019. E ainda viu Ronwen Williams brilhar para evitar o segundo golo marfinense: Nicolas Pépé, novamente de livre directo, viu o guardião negar-lhe o golo com mais uma boa defesa.