Humberto Dantas diz que "Bolsonaro é um sujeito do conflito" Teresa Abecassis
Humberto Dantas

“Bolsonaro não tem capacidade intelectual para liderar nada”

Humberto Dantas é cientista político. Seis meses após a tomada de posse, faz o balanço do mandato de Jair Bolsonaro, entre dúvidas e a expectativa que o Brasil mais moderno e avançado possa prevalecer.

Jair Bolsonaro é produto de uma coligação negativa que reúne conservadores, pessoas anti-PT ou liberais que encaram o Estado como um estorvo. A sua chegada ao poder fez-se mais pela negação do poder anterior do que pela afirmação de uma alternativa. E é essa limitação que o afunda nas sondagens, bloqueia o Governo no Congresso e adensa as dúvidas do Brasil em relação ao seu futuro. Humberto Dantas, investigador em ciência política, académico e activista em acções de promoção da democracia traça ao PÚBLICO um retrato do país que está no meio de um salto entre o que queria rejeitar e o que não sabe querer no futuro.