Terceira medalha para as ginastas portuguesas

Trio da ginástica acrobática com mais uma prata, no exercício combinado.

Terceira medalha para o trio português na ginástica acrobática
Fotogaleria
Terceira medalha para o trio português na ginástica acrobática Reuters/VASILY FEDOSENKO
,Minsk 2019 Jogos Europeus
Fotogaleria
Reuters/VASILY FEDOSENKO
Fotogaleria
Federação Ginástica Portuguesa

As portuguesas Bárbara Sequeira, Francisca Maia e Francisca Sampaio Maia conquistaram neste domingo a medalha de prata no exercício combinado de ginástica acrobática dos segundos Jogos Europeus, o terceiro pódio das ginastas em Minsk e o quarto de Portugal.

O trio do Acro Clube da Maia já tinha amealhado uma medalha de prata e uma de bronze no sábado, pelo que a sua passagem pela Bielorrússia se cifra por três pódios, um número recorde, melhor do que o que foi obtido pelo canoísta Fernando Pimenta em Baku 2015, com duas pratas, em K1 1000 e 5000 metros.

Com um exercício a roçar a perfeição, a Bélgica terminou com 29.960 pontos, enquanto Portugal ficou com 29.110 e a Bielorrússia com 29.060, no terceiro lugar.

No sábado, as ginastas portuguesas tinham conquistado a prata no exercício dinâmico, com 28.740 pontos, atrás da Bélgica, com 28.830, e à frente da anfitriã Bielorrússia, com 28.090.

Antes, na prova de equilíbrio, o trio tinha somado 28.520 pontos, ficando apenas atrás da Bielorrússia, com 29.520, e da Bélgica, com 29.230, que conquistaram o ouro e a prata, respectivamente.

No primeiro dia de competição, Portugal conquistou três medalhas, as duas da ginastica acrobática e o bronze da “inevitável” judoca Telma Monteiro, pelo que o seu pecúlio na prova aumentou para quatro.

Sugerir correcção