Do amor às zangas políticas: um quinto dos deputados eleitos em 2015 saiu do Parlamento

Nestes quatro anos, entre idas e vindas dos governos e substituições, passaram pelas 230 cadeiras 310 pessoas diferentes. Foram muitos os motivos para deixar o lugar parlamentar – da família à zanga com os líderes, do desafio profissional à simples substituição temporária.

,Parlamento
Foto
Daniel Rocha

Foi um plenário da Assembleia da República concorrido o desta legislatura sui generis no panorama político nacional. São 230 cadeiras mas, desde 23 de Outubro de 2015, contas feitas, por ali passaram 310 deputados diferentes, contando com o figurino actual. Ou seja, um terço das cadeiras conheceu donos diferentes por algum tempo desta legislatura. E, hoje, um quinto dos deputados que compõem o plenário é diferente daquele que os eleitores elegeram a 4 de Outubro de 2015 e um quarto é diferente do que assumiu funções a 23 de Outubro de 2015.