Militantes contestam líder do PS de Castelo Branco e apelam a Costa

Na carta ao secretário-geral, os socialistas dizem que Hortense Martins “não reúne condições políticas para continuar, em nome do partido, a representar na Assembleia da República os cidadãos” do distrito. Deputada recebeu indevidamente fundos comunitários no valor de 275 mil euros destinados a projectos turísticos.

Foto
Hortense Martins está à frente da distrital de Castelo Branco há três mandatos MANUEL DE ALMEIDA

Em Castelo Branco, há militantes socialistas descontentes com a “crescente falta de credibilidade do PS” e apontam o caso da presidente da distrital do PS, Hortense Martins, que dizem “não reunir condições políticas para continuar, em nome do partido, a representar na Assembleia da República os cidadãos deste distrito” por estar envolvida numa investigação judicial por subsídios ilegais. E escreveram uma carta dura a António Costa.