Exame de Filosofia: entre o optimismo e a dificuldade na última pergunta

Estudantes da Escola Secundária Garcia de Orta, no Porto, dividem-se quanto ao grau de exigência da prova.

Foto
Prova de Filosofia marcou arranque dos exames nacionais para os alunos do secundário Gonçalo Dias

No dia que marcou o arranque dos exames nacionais para os alunos do ensino secundário, o PÚBLICO falou com cinco alunos que realizaram a prova de Filosofia (consulte a prova e os critérios de correcção). 

1) Como correu o exame?

2) Correspondeu à matéria leccionada nas aulas?

3) O que gostavas que tivesse saído e não saiu?

4) Qual foi a pergunta ou tópico que correu pior?

PÚBLICO -
Foto
Daniela Oliveira, 18 anos, Ciências e Tecnologias Gonçalo Dias

Daniela Oliveira, 18 anos, Ciências e Tecnologias

1. Correu bem. Podia ter corrido melhor um bocadinho, mas também podia ter sido pior. Foi mais fácil do que o exame do ano passado.

2. Correspondeu, sim.

3. Muito sinceramente, saiu tudo o que estava à espera, mas gostava que tivesse saído mais Immanuel Kant.

4. A última pergunta de desenvolvimento foi a que me deu mais problemas.

PÚBLICO -
Foto
Duarte Santos, 19 anos, Artes Gonçalo Dias

Duarte Santos, 19 anos, Artes

1. Correu bem. Achei mais fácil do que o ano passado. Acho que as perguntas eram mais claras, percebia-se melhor o que era pedido. É a 5.ª vez que faço o exame de Filosofia, a contar com a segunda fase.

2. Sim, correspondeu.

3. Preferia que tivesse saído mais Filosofia de 11.º ano.

4. A escolha múltipla, porque, nos anos passados, era onde se conseguia ir buscar mais valores. Este ano, colocaram as perguntas com muitas rasteiras.

PÚBLICO -
Foto
Matilde Barros, 16 anos, Ciências e Tecnologias Gonçalo Dias

Matilde Barros, 16 anos, Ciências e Tecnologias

1. Acho que correu bem. Estava preparada e estudei para isso. Acho que foi muito mais difícil do que no ano passado. Eu fiz o de 2018 e achei que me correu muito melhor.

2. Sim, correspondeu.

3. Acho que saiu tudo o que estudei.

4. Tínhamos de interpretar um texto, uma pergunta de desenvolvimento.

PÚBLICO -
Foto
Beatriz Marques, 16 anos, Ciências e Tecnologias Gonçalo Dias

Beatriz Marques, 16 anos, Ciências e Tecnologias

1. Correu bem. Acho que foi mais difícil do que o ano passado, mas também pode estar relacionado com o nervosismo.

2. Sim, saiu o que fomos aprendendo nas aulas.

3. Saiu tudo o que queria que saísse.

4. Tive dificuldades na interpretação de um texto, no grupo de desenvolvimento.

PÚBLICO -
Foto
Diogo Aguiar, 17 anos, Ciências e Tecnologias Gonçalo Dias

Diogo Aguiar, 17 anos, Ciências e Tecnologias

1. Mais ou menos, podia ter corrido melhor, mas foi mais fácil do que o ano passado.

2. Sim, correspondeu.

3. Preferia que tivesse saído mais Descartes.

4. A última pergunta, valia muito e não consegui explorar.