Comissão de inquérito à CGD

Faria de Oliveira: Banco de Portugal “podia ter ido mais longe” nos alertas sobre Berardo

O antigo presidente da Caixa Geral de Depósitos diz que se o banco público vendesse as acções do BCP poderia pôr em risco aquele banco. “Era um risco sistémico significativo”, defendeu.