Entrevista

Informação dada pelas provas de aferição continua a não ser utilizada por muitas escolas

Será que os relatórios produzidos pelo Iave sobre o desempenho de cada aluno terão algum problema? O organismo responsável pelos exames vai acompanhar algumas escolas para tentar perceber o que se passa.

Foto
PAULO PIMENTA

Luís Santos, presidente do Instituto de Avaliação Educativa (Iave), diz que “a informação contida nos relatórios de cada aluno que fez as provas de aferição é muito rica” e pode ajudar a melhorar resultados, “mas é preciso saber utilizá-la”.