Portugal sobe ao quinto lugar do ranking FIFA. Conheça a lista

Conquista da Liga da Nações fez a selecção nacional voltar a subir na classificação mundial de futebol.

Fotogaleria
No início do jogo PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
O ambiente era de festa PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA
Fotogaleria
E a festa continua PAULO PIMENTA
Fotogaleria
PAULO PIMENTA

O triunfo na Liga das Nações de futebol ajudou Portugal a subir ao quinto lugar do ranking da FIFA, uma progressão de duas posições, revelou esta sexta-feira o organismo do futebol mundial.

A selecção portuguesa, orientada por Fernando Santos, era em Abril sétima da classificação da FIFA, ainda liderada pela Bélgica, mas a vitória na Liga das Nações permitiu a Portugal aproximar-se da Inglaterra, a apenas 21 pontos. 

Portugal está de volta às cinco primeiras selecções do classificação geral da FIFA depois do terceiro lugar (melhor posição de sempre) alcançado em 2017, na actualização posterior ao Euro 2016, conquistado em França. A selecção nacional já tinha atingido o quinto lugar em 2009 e 2013. Em 2001 chegou a estar em quarto. Desde o ano em que foi criado o ranking mundial FIFA, em 1993, Portugal tem o 11.º lugar como posição média.

Na fase final da nova competição da UEFA, a equipa das “quinas” venceu nas meias-finais a Suíça, por 3-1, e na final a Holanda, por 1-0, em jogos disputados no Porto.

A Inglaterra, que terminou em terceiro, mantém o quarto lugar no ranking da FIFA, a Suíça desceu do oitavo para o nono, e a finalista vencida Holanda subiu da 16.ª para a 14.ª posição.

O triunfo português ‘empurrou’ ainda a vice-campeã mundial Croácia da quinta para a sexta posição, num top-10 em que também o Uruguai caiu duas posições (8.º), e a Espanha subiu duas (7.ª).

A um dia de arrancar a Copa América, a competição mais importante de selecções na América do Sul, o Brasil, anfitrião da prova, é terceiro classificado e o primeiros dos sul-americanos, seguido do Uruguai, em oitava, e da Argentina. em 11.º.

Das selecções treinadas por portugueses, a Colômbia, de Carlos Queiroz, desceu uma posição e é 13.ª, a Coreia do Sul, de Paulo Bento, mantém o 37.º posto, e o Burkina Faso, de Paulo Duarte, caiu também um lugar, para 59.º.

Entre os países de Língua Oficial Portuguesa, Cabo Verde tem a melhor posição, no 76.º lugar, seguindo de Moçambique e Guiné-Bissau, muito próximos, no 117.º e 188.º lugares, respectivamente.

Guiné-Bissau é um dos países que disputará a partir de 21 de Junho a CAN (Taça das Nações Africanas), bem como Angola, que na classificação da FIFA é 123.ª