Crítica

Três por três

Jazz original que vai picar às mais diversas fontes, dos King Crimson ao Livro da Selva. O trio de Sérgio Carolino, Mário Delgado e Alexandre Frazão chega ao terceiro disco com a energia de sempre.

Três nomes fundamentais da cena jazz portuguesa dos últimos vinte anos — Sérgio Carolino, Mário Delgado e Alexandre Frazão
Foto
Três nomes fundamentais da cena jazz portuguesa dos últimos vinte anos — Sérgio Carolino, Mário Delgado e Alexandre Frazão

Com uma formação inusitada, o trio TGB começou por surpreender pela energia e originalidade. O grupo junta três nomes fundamentais da cena jazz portuguesa dos últimos vinte anos — Sérgio Carolino, Mário Delgado e Alexandre Frazão — que aqui encontraram espaço para trabalhar um jazz rebelde com espírito rock. O trio estreou a sua discografia em 2004 com o disco Tuba, Guitarra e Bateria e em 2010 chegou o segundo álbum Evil Things. O terceiro registo chega só agora, quase uma década passada desde o disco anterior.