Momento de um dos jogos da final entre os Raptors e os Warriors
Fotogaleria
Momento de um dos jogos da final entre os Raptors e os Warriors Reuters/Kyle Terada
,As finais da NBA
Fotogaleria
LUSA/JOHN G MABANGLO
,Guerreiros do Golden State
Fotogaleria
Reuters/Kyle Terada
,Basquetebol
Fotogaleria
Reuters/Kyle Terada
,Basquetebol
Fotogaleria
Reuters/Sergio Estrada
,Toronto
Fotogaleria
Reuters/Ezra Shaw
Guerreiros do Golden State
Fotogaleria
LUSA/WARREN TODA
Fotogaleria
LUSA/WARREN TODA
,Pascal Siakam
Fotogaleria
LUSA/LARRY W. SMITH
Fotogaleria
LUSA/LARRY W. SMITH
Fotogaleria
LUSA/WARREN TODA
,Basquetebol
Fotogaleria
LUSA/WARREN TODA

A NBA também é do Canadá

Os Toronto Raptors estão perto de ser a primeira equipa canadiana campeã, mas, mesmo que não consiga destronar os Warriors, o basquetebol já faz parte do DNA desportivo do país.

“Nós o Norte” parece uma coisa saída da “Guerra dos Tronos”, mas é o lema de uma equipa que está à beira de entrar para a história da Liga Norte-Americana de Basquetebol profissional (NBA). Os Toronto Raptors estão muito perto de se tornarem na primeira equipa canadiana campeã da NBA — falta apenas uma vitória, na final, frente aos Golden State Warriors, bicampeões em título. Esse feito poderá acontecer já nesta quinta-feira, em Oakland, no jogo seis (está 3-2 favorável aos Raptors numa série à melhor de sete jogos), mas, mesmo que os Warriors consigam dar a volta, já ninguém pode negar que o basquetebol se tornou numa prioridade desportiva do país mais a Norte do continente americano.