Real Madrid paga 48 milhões de euros por Mendy

Ferland Mendy vem do Olympique de Lyon, em França, para reforçar o lado esquerdo da defesa do emblema da capital espanhola. Mais de 300 milhões de euros gastos em reforços neste mercado.

Ferland Mendy jogava nos franceses do Lyon
Foto
Ferland Mendy jogava nos franceses do Lyon Reuters/STRINGER

O Real Madrid anunciou esta quarta-feira que chegou a acordo com o Lyon, de França, e vai contratar mais um reforço. O lateral esquerdo francês Ferland Mendy vai vestir a camisola dos “merengues” nas próximas seis temporadas — até 30 de Junho de 2025. O Lyon confirmou que a transferência do futebolista foi negociada por 48 milhões de euros, mais cinco em objectivos.

Com 24 anos, Ferland Mendy fez parte do “onze” do ano da última edição da Liga francesa. Chegou ao Lyon (3.º classificado) em 2017, vindo do Le Havre, e foi uma opção habitual para o lado esquerdo da defesa da equipa orientada por Bruno Genésio. Em 79 jogos oficiais pelo Lyon em duas temporadas, marcou três golos (todos eles nesta época).

O clube espanhol, em comunicado, referiu também que Mendy será apresentado no estádio Santiago Bernabéu na próxima quarta-feira, 19 de Junho, pelas 13h (hora local).

Ferland Mendy é mais um reforço para o Real Madrid na próxima temporada. Zinedine Zidane, que regressou ao comando técnico em Março, poderá contar também com Rodrygo, Éder Militão, Luka Jovic (apresentado esta quarta-feira) e Eden Hazard. Como defesa esquerdo, Mendy poderá fazer concorrência ao brasileiro Marcelo e ao espanhol da formação “merengue" Sergio Reguilón.

“É um lateral que faz todo o corredor, fisicamente poderoso, conhecido pela sua velocidade e capacidade de antecipação. Incorpora-se no ataque com perigo”, descreve em elogios o Real Madrid sobre a nova contratação no seu site oficial.

Ao todo, o Real Madrid já terá gasto 353 milhões de euros em reforços para a temporada 2019/2020 depois de não ter conquistado qualquer título esta época.

A contratação de Mendy pelo Real Madrid já tinha sido confirmada na segunda-feira pelo seleccionador da França. Didier Deschamps elogiou o jogador, dizendo que é “um exemplo de uma carreira sempre a subir”. “Há dois anos estava na segunda divisão, no Le Havre, e agora vai jogar pelo Real Madrid. É a prova das muitas qualidades que tem”, disse.