Avioneta aterra de emergência na A12 e embate em três carros

Acidente ocorreu cerca das 15h30 e causou ferimentos ligeiros a uma pessoa.

Aeronave de corpo estreito
Fotogaleria
DR
Pinhal Novo
Fotogaleria
LUSA/MIGUEL A. LOPES
Fotogaleria
LUSA/MIGUEL A. LOPES
Fotogaleria
LUSA/MIGUEL A. LOPES
Fotogaleria
LUSA/MIGUEL A. LOPES
Fotogaleria
LUSA/MIGUEL A. LOPES
Fotogaleria
LUSA/MIGUEL A. LOPES
Fotogaleria
LUSA/MIGUEL A. LOPES

Um avião ligeiro aterrou de emergência esta segunda-feira na Auto-Estrada 12, junto ao Pinhal Novo, concelho de Palmela, distrito de Setúbal, embatendo em três automóveis que circulavam naquela via.

De acordo com a Lusa, o acidente causou ferimentos ligeiros a um dos ocupantes da aeronave, que foi transportado para o Hospital de São Bernardo, em Setúbal. Não houve registo de ferimentos entre os ocupantes dos três veículos envolvidos na colisão.

PÚBLICO -
Foto

A avioneta tinha descolado do aeródromo de Vendas Novas, cerca das 15h, e seguia para a Tojeira, no concelho de Sintra.

Segundo a Protecção Civil, que confirma a ocorrência de um “acidente aéreo” cerca das 15h26, chegaram a estar 20 socorristas no local, apoiados por 7 veículos de emergência.

PÚBLICO -
Foto
DR

Fonte do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários (GPIAAF) disse à Lusa que foi notificado para a ocorrência e que mobilizou uma equipa de investigadores para o local, a fim de apurar as causas do sinistro.

Este é o segundo acidente aéreo a ocorrer em Portugal nas últimas 24 horas. Na tarde de domingo, uma avioneta caiu no aeródromo de Leiria e incendiou-se de seguida, matando os dois ocupantes da aeronave — um homem de 41 anos e outro de 67.

Desde 2018, morreram dez pessoas em acidentes aéreos em Portugal — o mais grave envolvendo um helicóptero do INEM, em Dezembro, perto de Valongo, vitimando quatro pessoas.