Cristas defende novo círculo eleitoral para países lusófonos

Aos habituais dois deputados eleitos pela Europa e fora da Europa, jantar-se-ia um terceiro, cuja eleição decorreria nos países de língua portuguesa.

Foto
Assunção Cristas no último debate quinzenal LUSA/ANDRÉ KOSTERS

A presidente do CDS-PP defendeu este sábado na cidade brasileira de Santos a abertura de uma novo círculo eleitoral com uma vaga no Parlamento para um deputado eleito na comunidade dos países de língua portuguesa.

“Uma ideia que surgiu um pouco antes desta viagem e que já validámos com a equipa do CDS-PP [na cidade brasileira de] Santos é começarmos a defender a eleição de mais um deputado fora do território português. Neste momento há dois, um para a Europa e outro para o resto do mundo”, disse Assunção Cristas à Lusa.

“Nós entendemos que deveria haver três [deputados eleitos fora de Portugal]. Um da Europa, um dos países de língua portuguesa e outro do resto do mundo. Achamos que fazia sentido dar uma prevalência e uma maior atenção àquilo que são os países que partilham com Portugal uma raiz cultural comum”, acrescentou.

A presidente do CDS-PP frisou, porém, que a ideia ainda deverá ser melhor trabalhada antes de o partido a apresentar. “Essa ideia também [foi pensada] para criar proximidade às comunidades [portuguesas dos países lusófonos] e para termos uma voz mais activa na representação das preocupações e dos interesses destas comunidades”, explicou.

Assunção Cristas iniciou uma viagem de quatro dias ao Brasil na última sexta-feira, na cidade de Santos, onde visitou o hospital da Beneficência Portuguesa e participou num jantar de comemoração no Centro Cultural Português de Santos.

Este sábado, Cristas participará num almoço na Casa da Madeira de Santos, local em que o primeiro núcleo do CDS-PP no Brasil será formalmente criado, e participa num encontro de jovens.

Nos próximos dois dias, a líder do CDS-PP estará em São Paulo e Rio e Janeiro, onde participará em celebrações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.