,Macbeth
Donaldson Collection/Michael Ochs Archives/Getty Images

O que é wellesiano? O que eras tu?

Os Olhos de Orson Welles segue a vida e obra de um artista não através da “estrada principal” mas fazendo desvios e atalhos e divagações pelos desenhos, quadros, pinturas, esquissos, esboços, garatujos. Ao mesmo tempo ensaio literato, documentário envolvente, lição de história acessível e totem de devoção, diz-nos isto: num momento em que o cinema se “encolhe” para formatações anónimas e inofensivas, Welles é um modelo de recusa da mediocridade, de coerência e paixão artística, humana, política.

Podemos, por um minuto que seja, esquecer O Mundo a Seus Pés?