Mulher morre de “doença súbita” em prova de trail em Ponte de Lima

A vítima, que se encontrava em paragem cardiorrespiratória, foi transportada para o hospital mas acabou por falecer.

Foto
Paulo Pimenta/arquivo

​Uma atleta morreu este domingo de manhã de “doença súbita” na 3.ª edição da prova Minho e Lima Trail, em Ponte de Lima, no distrito de Viana do Castelo.

O alerta foi dado cerca das 10h30. Segundo avançou fonte dos Bombeiros de Ponte de Lima ao Jornal de Notícias, a vítima, que se encontrava em paragem cardiorrespiratória, foi socorrida por outros atletas no local que iniciaram o Suporte Básico de Vida e depois foi transportada para o hospital, mas acabou por falecer.

A mulher, com idade entre os 45 e os 50 anos, era residente no concelho de Ponte de Lima. A participante terá sido "encontrada caída, inconsciente e aparentemente sem traumas associados [a uma queda]” durante o percurso, na freguesia da Ribeira, em zona montanhosa.

Em declarações à agência Lusa, fonte dos bombeiros de Ponte de Lima disse que a mulher que estava a participar na prova de corrida Minto Lima Trail morreu de “doença súbita”.​

Fonte do Comando Distrital de Operação de Socorros (CDOS) de Viana do Castelo acrescentou à Lusa que os bombeiros foram chamados para a localidade de Paredela, na freguesia da Ribeira, concelho de Ponte de Lima, tendo transportado a vítima para o Hospital de Ponte de Lima. Porém, segundo os bombeiros, a mulher acabou por sucumbir a doença súbita.​

Num comunicado divulgado na página de Facebook, a organização da prova lamenta a morte da atleta: “Hoje deveria ser um dia de festa e alegria para todos, porém, infelizmente, isso não foi possível. Lamentamos profundamente e partilhamos a nossa solidariedade em todos os familiares, amigos e equipa.”