Oliveirense conquista pela quarta vez a Taça de Portugal

Benfica foi derrotado na final por 5-2 e terminou a temporada sem qualquer troféu.

,SL Benfica
Foto
LUSA/PAULO NOVAIS

A Oliveirense conquistou neste domingo a Taça de Portugal de hóquei em patins, troféu que arrecada pela quarta vez na sua história. A jogar em casa, palco da final four da competição, a equipa treinada por Renato Garrido superou o Benfica, por 5-2.

Marc Torra, espanhol que em Portugal também já representou os “encarnados”, assumiu-se como uma das figuras da partida. Aos 7’, inaugurou o marcador na cobrança de uma grande penalidade e a Oliveirense aproveitou o ímpeto para dobrar a vantagem aos 14’, num remate de Jorge Silva.

O Benfica, que na meia-final já se tinha visto em situação semelhante, diante do Sporting, procurou responder, mas encontrou Puigbi numa tarde de grande inspiração. Lucas Ordoñez ainda reduziu à boca da baliza, mas o golo foi anulado. E aos 22’ foi Carlos Nicolía a introduzir a bola nas redes, reduzindo a desvantagem.

Ainda antes do intervalo, Xavi Barroso ampliou para a Oliveirense, num lance em que surgiu isolado, contornou Pedro Henriques e finalizou, estabelecendo o 3-1.

E se os “encarnados” procuravam relançar a partida no arranque do segundo tempo, rapidamente ficaram numa posição ainda mais frágil quando Marc Torra, com um grande remate cruzado de meia distância, voltou a marcar.

Do lado contrário, Puigbi foi anulando sucessivas tentativas (de Ordoñez, particularmente desinspirado, Nicolía e Adroher) e à medida que o Benfica era forçado a correr mais riscos, a Oliveirense aproveitava para explorar o contra-ataque. Valeu, nesse período, Pedro Henriques aos lisboetas, que ainda reduziriam de penálti, por Nicolía, antes de, a 19 segundos do fim, Jordi Bargalló ter fechado o resultado num livre directo (5-2).

Confirmava-se o sucesso total da Oliveirense na Taça de Portugal e o fracasso absoluto do Benfica em 2018-19 no que à conquista de troféus diz respeito.