Moby cancela tournée do livro depois de desmentido de Natalie Portman

Músico alegou ter namorado com a actriz, que nega o relacionamento e acusa Moby de ter agido de forma inapropriada quando tinha apenas 18 anos.

,Então ele caiu
Foto
Reuters/Mario Anzuoni

O músico e compositor norte-americano Moby cancelou a tournée do livro onde escreveu que tivera um relacionamento com Natalie Portman, o que foi desmentido pela actriz. Uma mensagem no site do músico anunciou o cancelamento de “todas as próximas aparições públicas no futuro previsível”. O texto foi publicado três dias antes de iniciar a tournée britânica para promover a biografia Then It Fell Apart.

O criador de música electrónica está envolto numa polémica com Portman depois de ter dito que namorara com a actriz, ao que esta respondeu à Harper's Bazaar que, na altura, acabara o liceu recentemente e de tudo o que se lembra é de um homem na casa dos 30 anos que agia consigo de forma estranha.

“Ele disse que eu tinha 20 anos, definitivamente não fui eu. Era adolescente, tinha acabado de fazer 18 anos. O facto de ele ter usado essa história para vender o livro dele foi muito perturbador para mim”, disse Portman, actualmente com 37 anos.

Moby, de 53 anos, pediu desculpas num post no Instagram no início desta semana: “Aceito que, dada a dinâmica de nossa diferença de quase 14 anos de idade, eu deveria ter agido com mais responsabilidade e respeito quando Natalie e eu nos conhecemos há quase 20 anos.”

Depois, voltou a publicar na mesma rede social a informar que vai fazer uma pausa “por algum tempo”, assumindo toda a responsabilidade pelo episódio: “Tudo isto foi culpa minha.”