Hélio Sousa pede maior eficácia contra a África do Sul

Seleccionador português procura vitória para evitar depender de terceiros no Mundial sub-20.

Foto
LUSA/HANNA BARDO

O treinador da selecção portuguesa de sub-20, Hélio Sousa, pede maior eficácia contra a África do Sul, para que Portugal vença e não dependa de terceiros para seguir para os oitavos-de-final do Mundial 2019.

“Foi muito raro esta geração ficar a zero nos jogos. Nos últimos tempos, só talvez contra a Holanda. No último Europeu, esta equipa fez 17 golos em cinco jogos e, no anterior, tinha feito 15”, afirmou em Jaworze, na Polónia.

Na antevisão do encontro da terceira ronda do Grupo F, o treinador português admitiu que a “equipa das quinas está com algum défice” na finalização, depois de apenas ter apontado um golo nos dois primeiros jogos.

“É uma equipa que costuma ser eficaz. Mas, neste momento, estamos com algum défice nesse capítulo. No entanto, temos equipa e jogadores capazes. Temos de ser mais eficazes”, referiu.

Apesar de o primeiro lugar do grupo ser já uma hipótese remota, por estar dependente de “uma conjugação grande de resultados”, há algo de que Hélio Sousa não abdica: “Vamos procurar a vitória, para não dependermos de ninguém.”

O responsável pela selecção sub-20 admitiu que “é possível” efectuar alterações no “onze” frente à África do Sul, considerando que Portugal vai defrontar “uma equipa muito capaz e com argumentos”.

“Uma vitória da África do Sul pode dar-lhes o terceiro lugar e a continuidade na competição. Mas temos toda a capacidade para sairmos vencedores de qualquer jogo neste Mundial e queremos que haja mais”, vincou.

Portugal está no terceiro lugar do grupo F, com três pontos, menos três do que a líder Argentina, que já assegurou a passagem aos oitavos-de-final, e os mesmos da Coreia do Sul, embora os asiáticos estejam em vantagem pela diferença de golos. A África do Sul ocupa o último lugar, ainda sem pontos, após averbar derrotas diante de Argentina (5-2) e da Coreia do Sul (1-0).

O terceiro posto pode dar acesso aos “oitavos”, caso Portugal seja um dos quatro melhores, sendo que uma vitória diante dos sul-africanos garante aos lusos a passagem de forma directa.

Portugal e África do Sul jogam esta sexta-feira, a partir das 19h30, no Estádio Municipal de Bielsko-Biala, num encontro que será dirigido pelo árbitro Alexis Herrera, da Venezuela.

Sugerir correcção