A Última Patrulha, o epílogo de A Guerra dos Tronos, é um bálsamo para as feridas do final?

Documentário da HBO Portugal revela os heróis desconhecidos da série e, ao mesmo tempo, dá conta da escala da TV actual. Tem as estrelas, mas é sobretudo uma viagem aos bastidores da última temporada e à tarefa hercúlea da produção de um blockbuster televisivo.

,Game of Thrones - 8 ª Temporada
Foto
DR

Uma semana depois do final da maior série da actualidade, ainda cai a cinza sobre o fenómeno que foi A Guerra dos Tronos. O documentário A Última Patrulha, que se estreou na segunda-feira na HBO Portugal, é um testemunho da sua dimensão – mostra a escala a que hoje se faz televisão mas também a intimidade possível nos bastidores de um gigante feito de centenas de anónimos. É, como escreve o crítico Brian Lowry na CNN, uma “homenagem aos soldados-rasos da série”. Como o figurante Andrew McClay, cuja casa tinha acabado de arder quando há anos foi prestar provas para entrar na série e que acabou como um dos rostos do seu último episódio