MacKenzie Bezos vai doar, pelo menos, metade da fortuna

A ex-mulher de Jeff Bezos, fundador e CEO da Amazon, tornou-se a terceira mulher mais rica do mundo após o divórcio, anunciado em Janeiro deste ano.

,Jeff Bezos
Foto
REUTERS/Lucas Jackson

MacKenzie Bezos comprometeu-se a doar para caridade pelo menos metade da sua fortuna de 37 mil milhões de dólares (33,1 mil milhões de euros), no seguimento de um movimento iniciado por Warren Buffett e Bill e Melinda Gates. O The Giving Pledge incentiva os mais ricos do planeta a partilhar a maior parte da sua riqueza.

“Há muitos recursos que cada um de nós pode para partilhar com os outros — tempo, atenção, conhecimento, paciência, criatividade, talento, esforço, humor, compaixão. Além de todos os recursos que a vida me deu, tenho uma quantidade de dinheiro desproporcional para partilhar”, escreveu MacKenzie numa carta aberta, publicada no site do The Giving Pledge. Acrescentou ainda que a sua abordagem à filantropia será “ponderada” e que continuará “até que o cofre esteja vazio”.

Jeff Bezos partilhou a carta da ex-mulher nas redes sociais, elogiando a sua decisão. “A MacKenzie será incrível e atenciosa na filantropia. A carta dela é tão bonita. Vai-te a eles, MacKenzie”, escreveu no Twitter.

Autora de romances e mãe de três filhos, segundo a Forbes, MacKenzie Bezos tornou-se a terceira mulher mais rica do mundo após o divórcio​, que o casal anunciou em Janeiro deste ano. Segundo o acordo de divórcio — que foi tornado público no mês passado —, esta fica com 25% das acções do casal, ou seja, o correspondente a 4% das acções da Amazon, já que em conjunto detinham 16,3%. Jeff Bezos continua, de acordo com a Forbes, a ser a pessoa mais rica do mundo, com uma fortuna avaliada em 110 mil milhões de dólares (97 mil milhões de euros). O empresário, que fundou a Amazon a partir da garagem de casa, já referiu no passado o papel importante que MacKenzie desempenhou na construção da empresa, desde os primeiros tempos.

Não será a primeira vez que um dos dois doa um grande montante. Em Setembro de 2018, Jeff Bezos doou dois mil milhões de dólares (1,75 mil milhões de euros) para ajudar famílias pobres e em 2012 o casal doou 2,5 milhões (2,18 milhões de euros) para uma campanha de legalização dos casamentos entre pessoas do mesmo sexo, no estado de Washington.

Ao todo, o The Giving Pledge, agrega os compromissos de 204 pessoas, de 23 países, entre elas estão, por exemplo, Sara Blakely — fundadora da Spanx, uma empresa americana de roupas íntimas que ajudam a dar forma ao corpo —; e Richard Branson, o empresário britânico fundador do grupo Virgin, em conjunto com a sua mulher.