Mayara Russi continua a lutar contra o preconceito de ser uma modelo plus size

A brasileira de 30 anos trabalha há 15 e defende que as mulheres que vestem tamanhos grandes devem ter auto-estima.

Foto
DR

Mayara Russi cresceu em São Paulo e estreou-se no mundo da moda tinha apenas 15 anos, quando ainda era pouco frequente ver manequins de tamanhos grandes. “Quando eu comecei, foi mais difícil do que é hoje. Os estilistas olhavam torto, os outros modelos magros também, maquilhadores não queriam maquilhar-nos, os nossos cachês eram muito mais baixos, entre outras coisas”, conta a brasileira que, aos 30 anos, é uma modelo plus size muito reconhecida​. Esteve em Portugal como embaixadora do Plus Fashion – na primeira edição do evento que reuniu várias marcas de tamanhos grandes.

Mesmo tendo tido um começo atribulado, Mayara Russi é uma das modelos mais requisitadas e tornou-se na primeira mulher de tamanho plus size a desfilar na Semana da Moda de São Paulo, em 2017. Antes dela, apenas modelos curvy (tamanhos 42, 44) pisaram aquela passerelle, mas nunca uma modelo plus size, orgulha-se. “Sou uma mulher muito persistente”, diz ao PÚBLICO.

Há um ano, juntamente com duas outras modelos plus size, participou num reality show chamado Beleza GG no Canal E! Brasil, que mostrava o quotidiano das profissionais, numa tentativa de destruir preconceitos e inspirar as mulheres a serem mais confiantes. Houve um momento na sua vida em que compreendeu que não queria apenas desfilar, mas também ajudar outras mulheres como ela a terem mais auto-estima. Então pensou: “Não vou desistir nunca.” 

Apesar de a indústria da moda estar mais democrática e de o preconceito ser menor, “a proporção sempre foi tão grande, que ainda existe bastante”, lamenta a modelo. Até hoje, Mayara Russi já trabalhou com mais de 200 marcas, entre elas a L’Oréal Paris, Vult, Colgate, entre outras, destaca. Já este ano, lançou uma colecção de roupa em parceria com a marca brasileira Kauê Plus Size.

Este mês, Mayara Russi esteve pela primeira vez em Portugal, a convite da Kiabi, a cadeia francesa de fast fashion a pensar nas famílias, para um encontro com os fãs e a comunidade plus size portuguesa. Depois, desfilou no Plus Fashion, em Lisboa, no evento do qual foi embaixadora juntamente com a modelo portuguesa Maria Inês Peixoto. “Fiquei encantada com o projecto, sobretudo num país onde tudo está a começar. Aceitei na hora”, conclui.