Opinião

Já ninguém perde eleições!

As implicações para outubro são claríssimas. O país continua polarizado – boas notícias para a esquerda, péssimas notícias para a direita.

1. Tudo como se esperava. Aumentou a abstenção, mas também a participação eleitoral. O PS foi o partido mais votado, mas o poucachinho de 2014 agora já é uma “grande vitória”. O PSD e o CDS mantiveram-se nos resultados de 2014, talvez uma nova derrota doce. O Bloco subiu, a CDU desceu. Mas sem incomodar ninguém. E o PAN meteu o seu deputado. Os outros estão contentes e tranquilos porque o importante mesmo é participar. Ninguém realmente perdeu as eleições! Até as sondagens ganharam!