Opinião

A vaca

Se o dia de reflexão é assim tão fundamental, ao ponto de mandarem calar toda gente neste sábado, como é que permitiram que vinte mil eleitores votassem no meio de tanto burburinho?

Ainda pensei escrever hoje uma bonita redacção subordinada ao tema “A vaca”, como nos velhos tempos da escola salazarista – contar que ela tem quatro patas, dois cornos, um rabo, muito leite –, e de seguida enviar o texto para a Comissão Nacional de Eleições, pedindo a atribuição de uma nota.