Os Dão de Santar, essência de uma região distinta

Envelhecem com nobreza, são, em geral, criadores de boa conversa, à medida que mostram os seus aromas e sabores, e grandes parceiros de sugestões culinárias variadas.

Foto
SÉRGIO AZENHA

Um grande vinho produzido em Santar é fino, elegante e fresco enquanto jovem. Tem, também, grande capacidade de envelhecimento, como acontece com tintos e brancos de outras zonas da Região do Dão, mantendo as características que o distinguem com o passar do tempo e ganhando também complexidade e nobreza.