Sérgio Conceição: “Injustiça teve o seu ponto máximo”

Treinador do FC Porto deixou sem justificação não ter cumprimentado o presidente do Sporting Frederico Varandas.

Foto
LUSA/RODRIGO ANTUNES

Sérgio Conceição foi de poucas palavras na conferência de imprensa após a derrota na final da Taça de Portugal e até uma pergunta ficou sem resposta. O técnico do FC Porto não se cansou de reforçar a injustiça que considerou ter acontecido com a derrota frente ao Sporting nos penáltis.

“Fizemos mais do que o suficiente nos 90 minutos para nem precisar do prolongamento. Fizemos o golo começámos a ter o jogo e o Sporting empata numa bola que ia para fora e que bate no Danilo. A segunda parte estava controlada, criámos oportunidades, tivemos duas bolas no poste e outras situações com alguma facilidade, mas não conseguimos”, disse.

“No prolongamento, a toada continuou, o Sporting fez o 2-1 e conseguimos em cima do final, já num ambiente difícil. O jogo esteve muito tempo no chão, houve muitas perdas de tempo. Foi muito cruel e injusto perder”, considerou o técnico, que não quis explicar a razão de não ter cumprimentado Frederico Varandas na tribuna do Jamor.

Depois, Conceição reforçou a injustiça que sentiu com a derrota no último jogo da época, deixando balanços e lançamentos de época para depois.

“Queremos melhorar e haverá um momento para tirar ilações. A injustiça teve o seu ponto máximo. É um momento difícil para nós, temos uma união muito grande e tivemos sempre uma crença muito grande. A minha família de sangue no relvado merecia a vitória e a família portista também. Não tenho vergonha de deitar uma lágrima. Sinto, sofro, sou apaixonado pela vida”, disse.

PÚBLICO -
LUSA/ANTónIO COTRIM
PÚBLICO - Bruno Fernandes com a Taça de Portugal
Bruno Fernandes com a Taça de Portugal Lusa/RODRIGO ANTUNES
PÚBLICO - Luiz Phellype celebra com Marcel Keizer depois de marcar uma grande penalidade
Luiz Phellype celebra com Marcel Keizer depois de marcar uma grande penalidade LUSA/ANTónio Cotrim
PÚBLICO -
LUSA/ANTóNIO COTRIM
PÚBLICO - Maxi Pereira e Hector Herrera no fim do jogo
Maxi Pereira e Hector Herrera no fim do jogo LUSA/RODRIGO ANTUNES
PÚBLICO - Tiquinho Soares (FC Porto) celebra depois de marcar o primeiro golo
Tiquinho Soares (FC Porto) celebra depois de marcar o primeiro golo LUSA/RODRIGO ANTUNES
PÚBLICO - Tiquinho Soares (FC Porto) celebra depois de marcar o primeiro golo
Tiquinho Soares (FC Porto) celebra depois de marcar o primeiro golo Lusa/antónio Cotrim
PÚBLICO - Bruno Fernandes empatou o jogo (1-1)
Bruno Fernandes empatou o jogo (1-1) Lusa/RODRIGO ANTUNES
PÚBLICO -
LUSA/RODRIGO ANTUNES
PÚBLICO - Sebastian Coates (Sporting) e Marega (FC Porto)
Sebastian Coates (Sporting) e Marega (FC Porto) Lusa/antónio Cotrim
PÚBLICO - Os "leões" Nemanja Gudelj e Bruno Gaspar e Alex Telles (FC Porto)
Os "leões" Nemanja Gudelj e Bruno Gaspar e Alex Telles (FC Porto) Lusa/antónio Cotrim
PÚBLICO -
Lusa/antónio Cotrim
PÚBLICO - Sérgio Conceição
Sérgio Conceição Lusa/RODRIGO ANTUNES
PÚBLICO - Bas Dost celebra golo
Bas Dost celebra golo LUSA/RODRIGO ANTUNES
PÚBLICO - Adeptos do Sporting celebram o segundo golo da equipa
Adeptos do Sporting celebram o segundo golo da equipa Lusa/antónio Cotrim
PÚBLICO - Adeptos do Sporting celebram o segundo golo da equipa
Adeptos do Sporting celebram o segundo golo da equipa Lusa/antónio Cotrim
PÚBLICO - Os jogadores do Sporting depois de o FC Porto fazer o empate
Os jogadores do Sporting depois de o FC Porto fazer o empate Lusa/antónio Cotrim
PÚBLICO - Os jogadores do Sporting depois de o FC Porto fazer o empate
Os jogadores do Sporting depois de o FC Porto fazer o empate LUSA/ANTÓNIO COTRIM
PÚBLICO - Felipe festeja o seu golo
Felipe festeja o seu golo lusa/RODRIGO ANTUNES
PÚBLICO - Manafa e Alex Telles celebram o segundo golo portista
Manafa e Alex Telles celebram o segundo golo portista LUSA/RODRIGO ANTUNES
Fotogaleria