Reuters/VINCENT KESSLER
Foto
Reuters/VINCENT KESSLER

Greta Thunberg já recebeu o convite para vir a Portugal e vai “analisar o pedido”

Comissão parlamentar de Ambiente já efectuou o convite à ambientalista sueca para vir a discursar a Portugal. Presença da jovem pode transmitir a ideia de emergência do combate às alterações climáticas, diz Pedro Soares.

Greta Thunberg, a jovem activista que tem dado que falar por se ter tornado “a porta-voz de uma geração” na luta contra as alterações climáticas, está mais perto de discursar na Assembleia da República.

O presidente da comissão parlamentar de Ambiente, o deputado do Bloco de Esquerda Pedro Soares, confirmou ao P3 que o convite para Greta Thunberg visitar Portugal já foi enviado.

“Hoje de manhã recebemos um e-mail de um dos membros da equipa de comunicação dela a dizer que agradecia o convite e que iria transmitir à jovem e à família a informação, e que logo diriam alguma coisa”, refere o deputado.

Segundo o mesmo, juntamente com o convite a comissão parlamente sugeriu quatro datas para a activista discursar no Parlamento português: 19 e 26 de Junho e 3 e 10 de Julho. 

Nas palavras de Pedro Soares à Lusa, isto antes de o convite ser efectivado, a presença de Greta Thunberg no Parlamento dará um sinal importante de mobilização e envolvimento dos mais jovens, reforçando que seria uma boa oportunidade para a jovem falar do livro que será editado em Junho pela Penguin e incluirá todos os discursos de Greta sobre o aquecimento global e suas consequências para o ser humano. Pode ser também importante para transmitir a ideia de emergência no combate às alterações climáticas, considera o deputado.

A comissão de Ambiente, disse também Pedro Soares, tem trabalhado muito na área das alterações climáticas e nas formas de as mitigar.