Ex-director de contabilidade da Santa Casa de Ponte de Sor detido por desvio de fundos

Antigo funcionário da Santa Casa de Ponte de Sor foi detido sob a suspeita de se ter apropriado de 300 mil euros da instituição para suportar despesas pessoais.

,Brott
Foto
A operação foi levada a cabo pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ fábio augusto

O antigo director e coordenador de contabilidade da Santa Casa da Misericórdia de Ponte de Sor, no distrito de Portalegre, foi detido pela suspeita da autoria dos crimes de peculato e participação económica em negócio, lê-se num comunicado enviado às redacções pelo gabinete de imprensa da Polícia Judiciária.

Em causa estará o período entre 2009 e 2018, altura em que o suspeito de 52 anos exerceu funções na instituição e se terá “apropriado indevidamente de valores pertencentes no montante até ao momento apurado de cerca de 300 mil euros”. Segundo a mesma nota de imprensa, o suspeito “terá utilizado essas quantias para suportar todo o tipo de despesas pessoais, despesas do seu agregado familiar e despesas da sua empresa”.

Foram realizadas duas buscas domiciliárias e cinco buscas não domiciliárias, tendo sido recolhidos importantes meios de provas dos factos em investigação. A operação, levada a cabo pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção e no âmbito do inquérito dirigido pelo Ministério Público (DIAP de Évora), irá prosseguir para determinar se ocorreram mais condutas criminosas e para apurar o prejuízo causado à instituição em causa.

O detido irá ser presente a tribunal nos prazos legais definidos.