Um panda-gigante na reserva de Bifengxia, na cidade de Ya'an (China)
Foto
Um panda-gigante na reserva de Bifengxia, na cidade de Ya'an (China) Reuters

China cria app que permite distinguir os pandas uns dos outros

Tecnologia poderá ser útil para a monitorização e conservação da espécie. Segundo os dados mais recentes, estima-se que existam cerca de 548 pandas-gigantes em cativeiro e menos de 2000 pandas a viver no meio selvagem.

A China desenvolveu uma aplicação que permite identificar pandas através de uma tecnologia de reconhecimento facial, anunciou a 17 de Março a agência noticiosa oficial Xinhua. O sistema permitirá aos especialistas distinguir e monitorizar os indivíduos desta espécie em risco de extinção. Os investigadores construíram ainda uma base de dados com mais de 120 mil imagens e 10 mil vídeos de pandas-gigantes, de forma a identificar correctamente os exemplares da espécie.

“A app e a base de dados vão ajudar-nos a reunir dados de forma mais precisa e completa sobre a população, distribuição, idade, proporção de género, nascimento e mortes dos pandas selvagens, que vivem no interior das montanhas e são difíceis de monitorizar”, explicou Chen Peng, investigador do Centro Chinês de Conservação e Investigação do Panda-Gigante, à agência chinesa. “[O sistema] irá definitivamente ajudar-nos a melhorar a eficiência e eficácia na conservação e no controlo dos animais”, acrescentou o responsável.

No ano passado, a China anunciou ainda um plano para a criação de uma reserva natural com cerca de dois milhões de hectares para ajudar a salvar os pandas-gigantes — três vezes maior do que o Parque Nacional de Yellowstone, nos Estados Unidos, que tem uma área de cerca de 8980 quilómetros quadrados. O objectivo é promover a reprodução entre os animais desta espécie. A criação do Parque Nacional do Panda-Gigante, no sudoeste do país, será financiada pelo Banco da China, que contribuirá com pelo menos 10 mil milhões de yuans (cerca de 1,3 mil milhões de euros).

Mais de 80% dos pandas selvagens existentes no mundo vive nas montanhas de Sichuan, na China. Segundo os dados mais recentes, divulgados em Novembro de 2018, existem cerca de 548 pandas-gigantes em cativeiro e estima-se que existam menos de 2000 pandas a viver no meio selvagem.