São Francisco é a cidade do mundo onde o salário médio é mais alto

A cidade norte-americana ultrapassou cidades conhecidas pelos seus salários chorudos, tais como Zurique, Nova Iorque e Boston. A meio da tabela ficou Lisboa e no fim, com o salário mais baixo, a cidade do Cairo, no Egipto.

,Ponte
Foto
Vista para São Francisco da Golden Bridge REUTERS

São Francisco, a quarta cidade mais populosa do estado da Califórnia, nos Estados Unidos da América, é a cidade do mundo onde os salários são mais altos e onde a fatia de rendimento mensal disponível é mais elevada. Mesmo com o problema do aumento das rendas, a cidade norte-americana conseguiu ultrapassar outros gigantes mundiais conhecidos pelos seus salários chorudos, como Zurique, Nova Iorque e Boston, que se encontram, respectivamente, em segundo, terceiro e quarto lugar.

De acordo com o relatório Mapping the World’s Prices 2019 do Deutsche Bank, nos últimos cinco anos São Francisco subiu uns “deslumbrantes” sete lugares no valor dos salários e 21 posições no que diz respeito ao rendimento mensal disponível. No documento agora divulgado, o banco calculou o valor do salário mensal típico para um habitante da cidade (tendo em conta os impostos líquidos) e descobriu que, no final do mês, em média, o salário bruto correspondia a 6500 dólares (cerca de 5800 euros) em 2019. Este valor corresponde a uma subida de 31% em relação aos 5 mil dólares (4400 euros) do ano anterior e a um acréscimo de 88% nos últimos cinco anos.

A pesquisa concluiu também que, em média, sobram 4700 dólares no final do mês a um agregado familiar onde existem dois salários, mesmo depois de deduzida a renda da habitação, o que representa um salto de 50% em relação ao ano anterior e um aumento de 143% nos últimos cinco anos. “No geral, estes dados demonstram que o rápido crescimento do sector tecnológico dos EUA está a ajudar São Francisco a “derrotar” outras capitais que competem por este título”, lê-se nas conclusões do relatório.

O relatório do Deutsche Bank reflecte o aumento da riqueza na cidade devido ao recente boom tecnológico, mas pouco diz sobre a qualidade de vida e as desigualdades naquele território. De acordo com o The Guardian, São Francisco tem vindo a registar números preocupantes no que toca ao aumento da população sem-abrigo.

Nesta lista Lisboa encontra-se na posição 40, com um salário médio mensal de 1013€, uma descida em relação ao último relatório que reportava que em 2014 os portugueses ganhavam em média 1202€ por mês.

No fundo da tabela dos rendimentos ficou o Cairo, capital do Egipto, onde o salário médio mensal de um habitante se fica pelos 206 dólares (o que equivale a cerca de 3500 libras egípcias e a 185 euros).