Casillas diz que será ele a anunciar o fim da carreira

O guarda-redes espanhol do FC Porto foi nesta sexta-feira isitar os colegas ao centro de estágios do clube.

Iker Casillas
Foto
Iker Casillas Reuters/ALBERTO LINGRIA

O futebolista internacional espanhol Iker Casillas, guarda-redes do FC Porto, disse nesta sexta-feira que será ele a anunciar o fim da carreira, “quando chegar o momento”, pedindo “tranquilidade”, em nota publicada no Twitter oficial.

“Haverá um dia que terei de me retirar. Deixem-me anunciar quando chegar o momento. Por agora, tranquilidade. Ontem [quinta-feira], fui observado pelo Dr. Filipe Macedo. Está tudo bem. Isso sim é uma grande notícia que queria dar a todos”, escreveu Casillas.

O guarda-redes recupera de um enfarte agudo do miocárdio, tendo estado nesta sexta-feira no Olival, de visita aos colegas de equipa do FC Porto, antes do jogo de sábado, da 34.ª e última jornada da I Liga, diante do Sporting.

A 1 de Maio, o futebolista sentiu-se mal no treino dos “dragões”, que mais tarde comunicaram a hospitalização de Casillas e a gravidade da situação, com o jogador a ser sujeito a um cateterismo.

Na quinta-feira, em entrevista ao jornal O Jogo, o presidente do FC Porto, Pinto da Costa, disse que o guarda-redes ainda tem um ano de contrato e que a vontade é que permaneça “na estrutura do FC Porto”.

“E não é apenas mais um ano. O Casillas é um dos nossos e terá sempre lugar no FC Porto”, afirmou Pinto da Costa.