Opinião

Passadeiras homossexuais

Este caso das passadeiras coloridas veio mostrar, mais uma vez, a natureza homofóbica do CDS. Do CDS e não só.

Lembro-me de há dois anos ter dado grande polémica uma reportagem de Fernanda Câncio, no Diário de Notícias, sobre o Happy Meal da McDonald's. Ao contrário do que já fazia noutros países, em Portugal, a cadeia de restaurantes continuava a identificar os seus kits de ofertas para crianças como sendo para menino ou para menina. A polémica seguiu os trâmites normais nestas discussões.