Europa Central, um dos epicentros do possível sismo populista

Viktor Orbán foi a Washington e trouxe de lá um elogio de Trump como trunfo de campanha para as europeias. No centro da Europa, os checos são os mais cépticos em relação à UE, os eslovacos ajudam à subida dos neo-nazis e a Hungria quer lançar ondas de choque.

,A casa branca
Foto
“Sei que é um homem duro e, de acordo com muita gente, fez o correcto em relação à imigração”, disse Trump de Orbán Szilard Koszticsak/EPA

O encontro de 45 minutos na Sala Oval, com direito a photo op e elogios de Donald Trump já fez a campanha eleitoral de Viktor Orbán para as eleições europeias. O primeiro-ministro húngaro ganhou do Presidente dos Estados Unidos um elogio de pin de lapela: “Sei que é um homem duro e, de acordo com muita gente, fez o correcto em relação à imigração”.