Ípsilon

Artes

Ministério da Cultura garante que Estado tem opção de compra das obras de Berardo, mas este só vende se quiser

Adenda ao protocolo torna clara esta opção, mas também diz que colecção terá de voltar a ser avaliada para se chegar a um novo preço. Cabe a Berardo decidir, depois, se aceita vender ao Estado por esse valor.