Once upon a time... em Cannes

Uma mão cheia de concorrentes à Palma de Ouro da edição 2019 do Festival de Cannes, que começa esta terça-feira, já recebeu o prémio máximo. Alguns até mais do que uma vez.

Foto
A 72.ª edição do Festival de Cannes começa esta terça-feira Regis Duvignau/REUTERS

A competição do 72.º Festival de Cannes, 21 filmes, é inaugurada esta terça-feira com os zombies e o cast — Chloë Sevigny, Adam Driver, Tilda Swinton, Bill Murray, Steve Buscemi, Tom Waits, Danny Glover, Iggy Pop — de The Dead don't Die, de Jim Jarmusch. Como é da praxe, numa cidade sonolenta. Jarmusch, cineasta rock star, já foi premiado no festival, com a Câmara de Ouro para um primeiro filme (Stranger than Paradise, 1984) e até com a Palma de Ouro da curta-metragem em 1993: Coffee and Cigarettes: Somewhere in California. Indica algo da superfície desta edição: responder à concorrência (concretamente Veneza, que se tem aproveitado dos problemas de Cannes com o Netflix e que tem recebido os americanos dos Óscares), fazendo a festa com a exibição do património de habituais, quer sejam Pedro Almodóvar (é desta, a Palma?), os irmãos Dardenne ou Ken Loach (mais uma Palma?), Xavier Dolan, Terrence Mallick (vai ser avistado, enfim?) ou Elia Suleiman...E mostrar que os “filhos” por Cannes fazem tudo.