Só o Belenenses perdeu o título de campeão na última jornada

Em 84 edições do principal escalão do futebol português, por regra o título já está entregue na derradeira jornada, mas os “azuis” do Restelo, em 1954-55, deixaram fugir o que seria o seu segundo título a quatro minutos do final do campeonato.

Sempre que chegou à última jornada na liderança, o Benfica sagrou-se campeão
Foto
Sempre que chegou à última jornada na liderança, o Benfica sagrou-se campeão LUSA/HUGO DELGADO

Se a estatística decidisse o resultado de um jogo de futebol, a probabilidade de o Benfica garantir, no próximo sábado, o seu 37.º título de campeão nacional seria de quase 100%. É que nas 84 edições já disputadas do principal escalão do futebol português, não tem sido norma a decisão sobre quem vence a prova ficar adiada para a derradeira ronda e, quando isso aconteceu, quem chega à frente não tem baqueado sob a linha de meta. Há, no entanto, uma excepção que confirma a regra: em 1954-55, um empate contra o Sporting no Estádio José Manuel Soares, conhecido como Campo das Salésias, retirou ao Belenenses a hipótese de conquistar o seu segundo título de campeão.