Morreu Peggy Lipton, actriz de Twin Peaks

A estrela do final dos anos 60 e início dos anos 90 morreu este sábado, aos 72 anos, com cancro.

,Hollywood
Foto
A actriz num evento, em 2012 Fred Prouser/ Reuters

A actriz norte-americana Peggy Lipton, catapultada para a fama no final dos anos 1960 pela série de drama policial The Mod Squad e, mais tarde, no início dos anos 1990, com Twin Peaks, morreu aos 72 anos, vítima de cancro. A notícia foi dada este sábado por Kidada e Rashida Jones, filhas do seu casamento com o produtor musical Quincy Jones, de quem se divorciou em 1989.

“Estamos de coração partido pela nossa amada mãe que morreu hoje de cancro”, disseram as irmãs Jones num comunicado citado pelo diário norte-americano The New York Times. “Faleceu pacificamente ao lado das suas filhas e sobrinhas. Sentimos muita sorte por cada momento que passámos com ela. Não conseguimos colocar todos os nossos sentimentos em palavras agora, mas dizemos: Peggy foi e sempre será o nosso farol de luz, neste mundo e no outro. Será sempre uma parte de nós”, acrescentaram.

Peggy Lipton nasceu em Nova Iorque, em 1946. Estreou-se aos 21 anos na série televisiva Bewitched, depois de ter alterado a morada para Los Angeles e de ter assinado um contracto com a Universal Studios. Seguiram-se participações em Mr. NovakThe Alfred Hitchcock HourThe John Forsythe Show. Além dos papéis como actriz, fez vários trabalhos como modelo e cantora.

Foi, no entanto, a sua participação em The Mod Squad — uma série de drama policial americana, com cinco temporadas, transmitida pela ABC entre 1968 e 1973que a transportou para o estrelato do pequeno ecrã. Segundo o diário Los Angeles Times, a série, que tocava em temas como a Guerra do Vietname, as drogas e a violência doméstica, foi um dos primeiros produtos da cultura pop em televisão a contar com um elenco multirracial.

Lipton foi nomeada para os Emmy e ganhou um Globo de Ouro de melhor actriz, em 1971, pelo papel de Julie Barnes, uma agente policial à paisana. Estes foram os seus “anos dourados”. 

Na década de 1990, interpretou Norma Jennings, na mítica série de David Lynch, Twin Peaks, revivendo o papel em Twin Peaks: The Return, em 2017. Com um argumento em torno do assassinato da jovem Laura Palmer, a série é apontada como um marco na história da televisão e serviu como inspiração para muitas outras séries.